Colored%252520Theatre%252520Lights_edited_edited_edited.jpg

NOSSA EXPERIÊNCIA

Competências e Habilidades Socioemocionais

Desde a inauguração da escola, em 1996, nosso maior objetivo é despertar a “fome de atos”, ou seja, a vontade de criar e produzir, tornando a aprendizagem dinâmica, interativa e atrativa. Nossa principal função é expandir o currículo, proporcionar alto grau de autonomia e formar coesão nos diferentes contextos curriculares. Hoje, a ribalta se reprojeta num palco sui generis, flexível e multidimensional, focando suas luzes no desenvolvimento de competências e habilidades socioemocionais por meio de uma metodologia ativa, capaz de liberar as tensões.

Colored%20Theatre%20Lights_edited.jpg

A ESCOLA

A reestruturação da escola resulta de uma pesquisa científica em que as habilidades socioemocionais foram classificadas em cinco grandes domínios, os chamados Big Five (abrir-se a novas experiências, conscienciosidade, extroversão, amabilidade, estabilidade emocional), os quais foram integrados à socionomia e concretizados em sociodramas primários, método de ação e aprendizagem profunda para o desenvolvimento de habilidades socioemocionais.

Colored%20Theatre%20Lights_edited.jpg

O QUE É?

É a concretização de uma nova escola no campo das tendências pedagógicas brasileiras. Trata-se da abordagem de um tema temido, ou seja, da revisão dos fundamentos e das práticas pedagógicas no âmbito das escolas clássicas da pedagogia por uma perspectiva socionômica relacionada com as habilidades socioemocionais, no contexto da Base Nacional Comum Curricular (BNCC). É uma contribuição para uma nova maneira de educar para o século XXI, com vistas a alcançar um novo paradigma na educação que seja capaz de valorizar o sujeito a solucionar os problemas complexos da vida, de um mundo globalizado e também tecnológico.

Colored%20Theatre%20Lights_edited.jpg

OBJETIVO

Capacitar interlocutores a desenvolverem as habilidades socioemocionais mediante princípios de sustentabilidade, comunicação, cultura, direitos humanos, saúde, paz, segurança e gestão de riscos de desastres, de modo a mitigar, em suas inter-relações, sintomas de inquietação existencial, depressão, medo, desequilíbrio emocional, prevenir bullying, violência e hostilidade; e para que possam trabalhar transversalmente os componentes curriculares, dando respostas positivas para uma educação integral voltada ao século XXI.

Colored%20Theatre%20Lights_edited.jpg

FUNDAMENTAÇÃO

LOGO, A SOCIONOMIA DEVE SER CONSIDERADA A BASE DAS HABILIDADES SOCIOEMOCIONAIS.

A socionomia, como fundamento das habilidades socioemocionais, traz razão ao seu reconhecimento intencional como uma nova tendência pedagógica socioemocional socionômica em que espontaneidade se coloca como o principal objeto de estudo, um catalisador para o resgate e o florescimento da criatividade e da inovação.

No contexto de nosso trabalho, a socionomia, enquanto ciência social, investiga a estrutura do sistema educacional (legislações educacionais, BNCC, processos de ensino e aprendizagem), seu lócus (ambiente escolar) e as relações entre direção, professores, pais, alunos, professores e comunidade externa, para verificar em que medida estão os níveis de relação e o status das relações de ensino e aprendizagem no desenvolvimento das habilidades socioemocionais.
Os papéis sociais podem ser desenvolvidos ao longo da vida. Sendo assim, temos nos sociodramas primários a metodologia necessária para trabalhar os conflitos na cultura da relação trabalho/resultado, dentro das diferentes organizações.

Colored Theatre Lights

AS HABILIDADES SOCIOEMOCIONAIS

São nossas respostas emocionais, adequadas ou não, a tudo que nos acontece. São nossas atitudes, nosso comportamento, nossa maneira de agir diante dos acontecimentos, são a manifestação de nossos traços de personalidade, de acordo com nosso estado emocional. As habilidades socioemocionais constituem, portanto, um conjunto de aptidões que podem ser treinadas, aprendidas e replicadas por meio de sociodramas primários. Saber dar respostas adequadas em momentos de tensão é saber gerir essas emoções.

Colored Theatre Lights

O MÉTODO

Sociodramas primários para ação e aprendizagem profunda consistem em um método de ensino-aprendizagem — criado por Antonia Benedita Teixeira (2020), fundadora da Escola Socioemocional Socionômica — que busca o desenvolvimento de competências e habilidades socioemocionais por meio de quatro sociodramas primários, fundamentados na socionomia (ciência social), e estabelece a relação conceitual, o nexo de causalidade, entre a socionomia e as habilidades socioemocionais; o encadeamento com as tendências pedagógicas; a utilização de elementos didáticos; a sistematização e mensuração de resultados em sala de aula, bem como suas concepções de papel de escola, conteúdos, relação professor-aluno e aprendizagem.
A relação conceitual entre a socionomia e as habilidades socioemocionais aponta a trilha para o planejamento de um sociodrama primário, permitindo trabalhar as dez competências gerais da BNCC, de modo a desenvolver potencialidades ancoradas nas teorias e técnicas da socionomia.

Colored Theatre Lights

IMPROVISAÇÃO

A improvisação, eixo vital do método, é capaz de produzir relatos tangíveis e cenas emocionantes, que são vivenciadas sob as luzes da ribalta, do fundo do palco, um som eloquente! Faz emergir da plateia protagonistas que, a convite do diretor, vivenciam mais um episódio.

Colored%252520Theatre%252520Lights_edite

O QUE É SOCIONOMIA?

Se hoje dissermos às pessoas “Vi uma bela casa de tijolos amarelos, flores na janela, gnomos no jardim...”, elas provavelmente não vão conseguir visualizar essa casa. É preciso dizer-lhes assim: “Vi uma casa de cinco milhões de reais”. Então elas dirão: “Que beleza!”

Da mesma forma, se lhes dissermos que a socionomia é o cosmo e o microcosmo, ou que Deus é universal e está em cada um de nós, e por isso todos somos deuses dotados da centelha divina (criatividade e espontaneidade), pois quem cria é o criador, elas nos darão de ombros e nos chamarão de loucos! 

Mas, se dissermos que a socionomia é uma ciência social fundamentada na teometria (matemática sagrada), física, biologia e geografia espacial, para medir as relações socioemocionais na sala de aula, nas organizações comerciais e nas indústrias, no comércio, nas áreas tecnológicas, elas ficarão inteiramente interessadas.

Isso significa dizer: é preciso “concretizar” e trazer para o campo pedagógico as compreensões simbólicas de alunos e professores, para que elas possam ser objeto dos sociodramas e possa-se fazer uma intervenção com controle dos resultados.

Pessoas adoram números. Quando a gente lhes fala de um novo amigo, elas não querem saber quais são as poesias de sua preferência, qual a sua música preferida. Mas perguntam: qual a sua idade? Quantos irmãos ele tem? Quanto pesa? Quanto ganha seu pai? Quanto custa a sua casa? Com isso elas julgam conhecer esse estranho.

Por isso, acho necessário explicar a socionomia como as pessoas grandes gostariam de saber: a socionomia é a lei social que engloba todos os métodos de Jacob Levy Moreno, quais sejam, a sociometria, que utiliza os métodos sociométricos (teste sociométrico); a sociodinâmica, que opera na dinâmica dos papéis; e a sociatria, que utiliza sociodrama, psicoterapia de grupo e psicodrama. Essa ciência possibilita ao professor trabalhar transversalmente as áreas de conhecimento e os componentes curriculares focando a educação integral e voltada para o século XXI.

A Escola Socioemocional Socionômica coloca o professor no papel de protagonista de um projeto de inovação educacional para além do século XXI, ao mesmo tempo que vislumbra uma escola para além do século XXI, valendo-se de uma nova experiência em que a realidade suplementar, os enigmas, os sonhos e a loja mágica, os gnomos no jardim, a casa de tijolos amarelos e as flores na janela estão a nosso alcance.


Navegue no site para uma jornada de novos conhecimentos!

Colored Theatre Lights

O PROCESSO

O processo sociodramático desenrola-se ante nossos olhos, apresenta-se como se fosse a nossa própria vida. O sociodrama envolve a criação de um mundo ficcional no “aqui e agora”, os participantes assumem um papel (pai, mãe, namorado, patrão, empregado, médico ou outro qualquer), no campo da ficção, em que os procedimentos sociodramáticos são capazes de exteriorizar e objetivar fenômenos culturais, sociais, psicológicos e antropológicos, em uma ordem axiológica, da mesma forma como funciona dentro de um sistema social.
Na visão da socionomia, a criança é considerada um “gênio em potencial”, valendo-se da espontaneidade, que é um “fenômeno primário e positivo, não deriva da libido nem de qualquer impulso animal”, tendo na vinculação espontaneidade criatividade, forças primárias (atos de espontaneidade, potência e energia) no comportamento humano.